quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Não é propaganda de secador, é Cloud Computing!


Ai galera, mais um exemplo bem legal de cloud Computing.

A microsoft liberou o Skydrive para usuários Windows Live. São 25GB de espaço na nuvem para a gente se deliciar, e compartilhar arquivos sem a preocupação de limite de arquivos, visto para anexos de e-mails.


sábado, 12 de dezembro de 2009

Processo seletivo - Estágio sob orientação de Denise Eler

Alunos e ex-alunos!

Vamos aumentar nossa equipe em 2010.

Estou selecionando o primeiro grupo de estagiários para a Universidade Corporativa do Grupo Fiat: ISVOR FIAT.

Este estágio pode ser prorrogado para 1 ano, será coordenado por mim e tem finalidade de iniciar o aluno no mercado, com possibilidade de contratação futura.

Ou seja, é o estágio dos seus sonhos. A equipe que montei este ano é TOP, em talento e humor. Nosso trabalho já é referência para a Fiat Itália.
Estou muito feliz em poder formar os próximos profissionais de e-learning da Fiat e/ou do mercado. São competências que vocês só adquirem na prática. Não há cursos para as vagas em aberto:

- PROGRAMADOR SCORM (NECESSÁRIO saber Flash avançado, ser criativo)

- Roteirista instrucional (NECESSÁRIO ter boa redação, ser comunicativo, ter bom português, ter noções de infografia)

- Designer de interfaces para e-learning (NECESSÁRIO saber um pouco de Flash; ser bom em layout, ter elevado senso estético e noções de design de interação)

- Ilustrador (NECESSÁRIO saber Flash, ter estilos variados de ilustração, elevado senso estético e usar tablet)


Nesta primeira etapa, prefiro que todos os candidatos sejam designers
e ex-alunos meus.Se não conseguir preencher as vagas, vou abrir para outros cursos.

Interessados devem enviar email para

denise.eler@nosdesigners.com.br

contendo:

1 PÁGINA DE APRESENTAÇÃO:

NOME
Vaga pretendida
Faculdade e Ano em que irá formar-se
Se já tem alguma experiência profissional
Softwares que sabe usar
Redação de 600 caracteres apresentando suas motivações e expectativas como candidato
2 projetos (mercado ou acadêmico; em jpg, 150 dpi, de preferência disponível na "nuvem")
que expressem sua criatividade, senso estético e talento (inclusive para o candidato a programador).


Aproveitem a oportunidade.
Divulguem para os colegas.

Atenciosamente...

Denise Eler
Responsável pela área de E-learning da Fiat Brasil/ISVOR FIAT
Consultora em Design Thinking
Docente e Pesquisadora da Universidade Fumec

Layouts Proposta traça - Anelise, Felipe e Kamilla








A Traça online propõe expandir os conceitos da revista para o meio digital, utilizando de redes sociais Last fm, flickr, youtube e Orkut, e sistema de feed. Com isso é possível agregar mais e conferir maior visibilidade aos trabalhos produzidos pelos alunos da FUMEC, além informar seus seguidores sobre as novidades. Também traz a possibilidade de tornar o projeto auto-sustentável, por meio de porcentagens da venda do conteúdo publicado no mesmo.


Com isso esperamos proporcionar uma maior visibilidade da Traça dentro e fora da FUMEC e tornar o projeto mais independente, forte e tecnológico diante de um possível mercado.

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Evolução dos Desktop

Reportagem que mostra a evolução dos desktops de acordo com os anos, desde o começo em 1973 com a Xerox.
Brincadeirinha com o windows 7 a parte, é interessante observar graficamente as mudanças de cada interface, em cada sistema.


quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Firefox 5 anos

Parece que foi ontem que a raposinha mais famosa da internet nasceu, com esse novo navegador muitas inovações na forma de usar e interagir com a internet. Então deixo o link para divulgar a todos do aniversário de 5 anos do Firefox. Abços.

http://www.spreadfirefox.com/5years/pt-BR/

terça-feira, 20 de outubro de 2009

QR Code

video

O QR Code (ou Código de Barras em 2D), é uma matriz ou cod. de barra bi-dimensional, criado pela empresa Japonesa Denso-Wave, em 1994. Usados para catalogar diferentes partes na construção de veículos, e também usado no gerenciamento de inventário em uma grande variedade de indústrias. São muito comuns também em revistas e propagandas, onde usam-se os códigos para guardar endereços e URLS, além de informações pessoais detalhadas, no caso de cartões de visitas, facilitando muito a inserção destes dados em agendas de telefones celulares. Consumidores com programas de captura ou PCs com interface RS-232C, podem usar um scanner para capturar as imagens.

terça-feira, 29 de setembro de 2009

O "e-mail" vai acabar?

A nova onda do Google:
A empresa quer mudar a comunicação via internet substituindo e-mails por mensagens chamadas de Wave.

http://wave.google.com/

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Personal Ibope - o futuro da comunicação

A matéria que segue no link abaixo fala um pouco sobre a tendencia da comunicação.
Falando sobre o mapeamento de ibope nas redes sociais como Orkut, Twitter etc.
Para os detalhes segue o link:
http://imasters.uol.com.br/artigo/14395/midiasocial/personal_ibope/

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Metáfora do Desktop

Falando em Metáfora de Desktop!



video

Um modelo 3d proposto, baseado no sistema de associação visual(já que nossa memoória visual é melhor do que qualquer outra) com manipulação de documentos, icones, e pastas usando essas associações visuais para melhor manipulá-los. Mas de acordo com o visto em aula, e as idéias de Johnson em "Cultura da interface", esse modelo deixa dúvidas quanto à funcionalidade.Sua forma de organização parece complexa, e não facilitar o uso para o usuário.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

domingo, 28 de junho de 2009

Como seria o Xbox Portátil e o Wii 2.0?





Você já imaginou como vai ser o Wii 2.0, a próxima versão do Nintendo Wii? O que você acharia de controlar o seu Wiimote com as suas ondas cerebrais exatamente como o Emotiv, não seria nada mal...

E que tal um Xbox 360 portátil, integrado a um player Zune, e quem sabe, um celular? Ele teria um flash drive de 64GB, suficiente para guardar as suas músicas, vídeos e jogos favoritos!

Estes dois exercícios de imaginação foram criados pelos artistas da equipe da revista T3.

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Compare o tráfego na Web


O Compete é uma página que oferece aos usuarios uma analise comparativa gratuita entre até 3 diferentes sites (5 ou mais pago) em forma de gráfico, podendo realizar analises por visitantes únicos, visitas em geral, e de 3 meses a 2 anos.

Como isto pode ser útil?

Pesquisa é claro

De experiência própria por exemplo, no seminario da 2ª etapa eu procurava por algum gráfico que me mostrasse quão popular eram os sites do McDonalds e do Burguer King, e neste site consegui ver tudo isso, e quão popular foram em determinadas épocas do ano ainda, para depois realizar uma pesquisa do porque tais sites foram mais frequentados em tais meses.

Coloquei ainda de brincadeira o google.com no terceiro campo, depois dos dois primeiros, e consegui ver que as visitas à página do Mc eram de 1% das visitas do Google, ou seja, visitas pra caramba! 1% é pouca coisa podem dizer, mas foi uma comparação com o Google, GOOGLE, é muita visita para um site de fast-food.

Então sempre que forem fazer pesquisas comparativas entre páginas da web, este site é de primeira! (possue o único porem de não conseguir analisar páginas com baixo tráfego, mas bem...)

http://www.compete.com/

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Web 2.0!


Pessoas, olha que barato, achei um poster ilustrado que mostra as logos da Web 2.0.

Esse lembra as famosas ilustrações “Onde está Wally”, porém o universo criado traz várias marcas atuais que tecem a Web 2.0.

O poster está sendo vendido no site dos criadores: http://shop.eboy.com/products/foobar-poster

Para ver em tamanho maior: http://hello.eboy.com/eboy/wp-content/uploads/shop/EBY_FooBar_35t.png


Siana - Semana Internacional de Artes Digitais e Alternativas


Olá pessoas,

descobri hoje voltando pra casa quase durmindo dentro do busonfs que dia 30 agora começa a
Semana Internacional de Artes Digitais e Alternativas e vai até o dia 12 de julho. Vai ser a terceira edição do evento e vai vir pela primeira vez em BH, não dá pra perder héin povo!

Vai ser lá no
Oi futuro e no conservatório de musica da UFMG.

E maiss..
vai ter
workshop, e achei os temas super interessantes.
Vão se realizar entre o dia 01/07 até 03/07 e as
inscrições se encerram dia 27 agoraaaa!!!
Programinha para as ferias povinhooo!
e o melhorr... 0800!!!

=]


Wave unifica as conversas

Se essa é a proposta do Google para dominar o mundo, me diz onde eu assino.
Por Juliano Spyer
O e-mail é a plataforma de comunicação online mais usada hoje, mas é uma ferramenta que existe há mais de 40 anos. O que aconteceria se pegássemos tudo o que foi desenvolvido nessas últimas décadas em termos de tecnologia de comunicação em rede para criar uma versão atual do e-mail? Vamos pegar blogs, fóruns, chat, wiki e o que mais existir por aí para montar alguma coisa que ocupe o lugar do e-mail.

sábado, 13 de junho de 2009

Telepatia virtual?

Não sei como funciona, aliás, queria muito saber.
NESTE SITE você pensa em um número, faz umas continhas bestas e visualiza o símbolo para esse número.
Clica no quadrado vermelho e o símbolo aparece.
Eu fiz umas 4 vezes, todas deram certo.
Alguém explica?

quinta-feira, 4 de junho de 2009

YouTube interativo

Que eu me lembre, o conceito interativo, na verdade é aplicacado quando as opções de interagir com algo são infinitas.
Nesse caso seria algo iterativo? Sem N?
Enfim, conceitos a parte, uma evolução do YouTube.
Confira AQUI
Eu escolhi o coringa e ganhei. No finalzinho ele ainda faz uma dancinha "a la" Yelle

terça-feira, 2 de junho de 2009

Restaurantes levam a sério a experiência do cliente na web

Para ser bem sucedido, um restaurante precisa reforçar para o cliente que sua experiência de compra é a melhor possível. Veja o que eles fazem para nos proporcionar bons momentos.

Surgirá uma rede social nos celulares brasileiros?

Surgirá sim, mas para que uma rede social aconteça no celular aqui no Brasil é preciso que o valor para o usuário interagir seja baixo, se possível gratuito, e que o aplicativo funcione em aparelhos low-end.

terça-feira, 19 de maio de 2009

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Mapa conceitual para todos

Cmap Tools é uma ferramenta para criação de mapas conceituais.
É um software free, compatível com todos os sistemas operacionais.

Link de download para os principais sistemas operacionais:

Windows 32bits (61mb)
Windows 64 bits (63mb)
Mac (100 mb)
Linux (63mb)
Versão Lite (63mb)

Pagina para informações do programa.

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Celular permite troca de beijos entre usuários


Um designer francês quer revolucionar a troca de afagos via celular. Georges Koussouros, do site PROinvention, espaço onde ele exibe criações conceituais, ecológicas, ergonômicas, técnicas e de baixo custo, apresentou recentemente um telefone que envia beijos para outro aparelho. 

A invenção, batizada de KissPhone, registra informações como movimentos, pressão e temperatura da boca e transmite tudo para outro celular, que reproduz o beijo. Para que a experiência seja mais real, o telefone vem equipado com lábios. 

O usuário que recebe o beijo pode repetir, armazenar e até enviar para outras pessoas. De acordo com o TG Daily, as beijocas podem ser recebidas via secretária eletrônica e até baixadas na internet, por meio de downloads. O modelo beijoqueiro também tem um “banco de beijos” de artistas famosos, como Madonna. 

Em sua página na internet, Koussouros prevê que as operadoras poderiam usar o diferencial do aparelho para conquistar muitos clientes, oferecendo serviços e acessórios para o celular, que ainda não está disponível para comercialização. 

por Época NEGÓCIOS Online


domingo, 26 de abril de 2009

=)








Que graça a logo do google em código morse.

.

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Wiispray


WiiSpray Teaser from cldfx.com on Vimeo.

Eu quero isso!

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Qapture

Site que reune os melhores e mais acessados links postados no Twitter.
Dividido em DESIGN | ESTRATEGIA & TENDENCIA | PUBLICIDADE E MARKETING.


Tesauros, folksonomia e uma ajudinha da usabilidade

Cada uma das soluções (uso de tags ou vocabulário controlado) tem pontos fortes e fracos. Melhora muito quando é acrescentada a indexação com usabilidade, com proposta de sugestões e boa arquitetura de informação.

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Para Entender A Internet

Noções, praticas e desafios da comunicação em rede

Um pdf com artigos de vários autores acerca a internet. A maioria se não, todos assuntos, estudados em Interfaces.

(aliás, quem não estudou pro mapa ainda, boa fonte)

Items abordados:
- beta
- capital social / whuffie
- cauda longa
- co-working
- cultura do remix
- cyberpunk
- ética hacker
- interatividade
- metodologias ágeis
- rede social
- viral
- web 2.0
- blog
- bridge-blogger
- comunidades de prática
- consumer-to-consumer (C2C)
- creative commons
- fotografia digital
- jogos eletrônicos
- jornalismo colaborativo
- micro-blogging
- mobile
- open Space / barcamp
- peer-to-peer (P2P)
- podcast
- propaganda online
- wiki
- brecha digital / exclusão digital
- cyberbullying
- ecologia digital
- lei azeredo
- lei eleitoral e internet
- lixo eletrônico
- pirataria
- privacidade
- spam
- voluntariado em rede


domingo, 12 de abril de 2009

Google Images agora filtra por escolha de cores

A pesquisa por imagens do Google apresenta seu mais recente upgrade: a opção de filtragem de resultados por classificação de cores.

O utilitário ajudará bastante para que se encontre mais facilmente a imagem que o usuário deseja de acordo com seu objetivo. É uma ótima maneira para fugir dos óbvios e comuns resultados de sempre.

Na barra azul superior há um box com 12 tons diferentes para escolha:


Fiz um teste para procurar imagens pelo termo "ramones". seguem as telas de resultados por cores que escolhi a cada busca:

Resultados de imagens em tonalidades azuis

Resultados de imagens em tonalidades rosas

Resultados de imagens com o branco como tom dominante

Resultados de imagens em tonalidades vermelhas

Muito bacana e bem eficaz. ainda não está disponível para a versão em português. Para testar o recurso, clique no link "google.com in english", logo abaixo do item central para a digitação do termo para busca e aproveite a dica.

quarta-feira, 8 de abril de 2009



Eu uso o Google Chrome e andei observando as mensagens que o servidor deixa quando eu estou no orkut... a 1º é na página inicial do orkut, uma mensagem reforçando que eu uso o servidor e que ele é realmente bom e a 2º é um feedback bem humorado quando o orkut não funciona



terça-feira, 7 de abril de 2009

Web² em pauta no Brasil

Ouvimos na última aula sobre web 4.0., conceito que reflete as tendências esperadas desde já para o futuro da web. Em artigo publicado por Luana Morellato, analista de desenvolvimento do imasters, as discussões em torno de suas características, resumidas em conexões de rede e dispositivos móveis, originam da idéia que especialistas em internet têm em transformar a web 2.0 em web ao quadrado.

Em sua fase final, o projeto Bionets, desenvolvido por cientistas europeus, prevê soluções para que sejam atingidas metas que sustentem a Web² e será apresentado na conferência IEEE Infocom 2009 que acontece ainda este mês, entre os dias 19 e 25, no Rio de Janeiro.

O site do evento reflete paradoxialmente características da web 1.0., além de ter um layout nada atrativo e uma navegação extremamente primária. Mas o seu papel é fundamental para que se iniciem projetos, apontamento de desafios e soluções para que a necessidade de uma engenharia da informação tão séria torne-se realidade.

Assim, propostas mais consistentes e reais para a concretização da internet do futuro (que, na verdade, conta com uma noção de futuro bem mais rápida do que se imaginava antes da internet) está cada vez mais próxima.

Google Grants: marketing interno e externo


Abrir a bandeira verde é a tendência a que todas as empresas querem e devem seguir. Com a temática da sustentabilidade em alta, diversas ações de cunho ambiental e social ganham espaço na mídia e se tornou estratégia de marketing.

O Google entrou nessa criando seu próprio programa, o Google Grants: publicidade gratuita para organizações sem fins lucrativos.
O programa Google Grants apóia organizações que compartilham nossa filosofia de serviço à comunidade, em áreas como ciência e tecnologia, educação, saúde pública mundial, meio ambiente, defesa dos direitos dos jovens e artes.
Ponto duplo para o Google que, além de se posicionar como aliado à melhoria do planeta, envolve seus colaboradores neste conceito de nobreza social: quem ajuda a empresa a selecionar ONGs para o programa são seus próprios funcionários que recebem dinheiro e outros benefícios com isso. Aqui temos duas estratégias de MKT - além da visibilidade popular ao aderir a uma causa social, incentiva seu próprio crescimento ao valorizar e beneficiar sua equipe.

O conceito de presença online empresarial

Post publicado em blog do imasters argumenta com eficácia sobre um dos itens expostos na aula desta última terça-feira, dia 7 de abril: o conceito de sites institucionais já era e a força está nos serviços gratuitos populares da web 2.0.

Aqui temos o grande exemplo sobre a presença online: hotsites específicos para o objetivo da empresa e um canal direto de comunicação com seus clientes.

O artigo fundamenta a importância do uso profissional das ferramentas de redes sociais e esquematiza as soluções em internet para a divulgação institucional em: hotsite para produto/serviço - blog - canal no YouTube - Comunidade no Orkut - atendimento via Twitter, MSN, SKype, Gtalk.

A questão acerca dos sites institucionais não é bani-los, mas estabelecer de vez que a falta deles não muda em nada: não há mais valor agregado a este tipo de estratégia.

- Leia o artigo na íntegra

dedo usb

Vai aqui o link para o blog do dedo usb
http://protoblogr.net

O sucesso da IDEO

"Não inove para o futuro, inove para o presente”

O economista Peter Drucker, com apenas esta frase, aborda a importância real da criatividade e da busca constante pelo diferencial para o mundo de hoje, em qualquer que seja o mercado.


A prof. Denise Eler enviou um e-mail nos instigando a descobrir a IDEO que é, nada mais nada menos, a maior empresa de design do mundo. Isso porque ela desenvolve projetos em todas as áreas imagináveis e possíveis: desde buttons promocionais até o desenvolvimento de um fogão elétrico.

Provavelmente, a palavra-chave contida em sua missão e valores deve ser inovação. A IDEO se define como uma empresa de especialistas em humanos, psicologia, negócios, design, engenharia e produção industrial, que se presta ao serviço de consultoria completa para a inovação dos produtos.

Todo esse sucesso nos leva a pensar no pensamento criativo metodológico como um processo contínuo e incorporado ao DNA de qualquer empresa. É de suma importância nos lembrarmos sempre de seguir com rigor os 5 passos do bom designer, sem vícios criativos ou limitações práticas que, por preguiça, nós mesmos criamos:

análise de problemas --> brainstorming --> avaliação de idéias -->
prototipagem --> testes e melhorias finais ao produto final

Só com metodologia e conhecimento é possível resolver problemas em áreas distintas, assim como a IDEO se propõe a realizar, já há mais de 20 anos. Alguns cases interessantes desenvolvidos:

1980: MOUSE APPLE LISA - conceito que permitiu aperfeiçoamentos quanto à montagem, utilização e queda do custo de produção em 10%. O mecanismo desenvolvido superou o existente (mouse feito pela XEROX na década de 1970)
e é utilizado em praticamente todos os mouses mecânicos até hoje

1995: KANGAROO SAMSUNG - conceito que permite portabilidade
e armazenabilidade entre TV, notebook e DVD (tela plana 15")

2007: MY PASSAPORT - conceito que permite mobilidade entre scrapbooking,fotografia digital, armazenamento de dados via USB
com capacidade de 320 GB. Leve, compacto, reciclável, custo de
produção minimizado, estética atraente

2008: INTERCELL DERMO-PATCH - conceito que permite a auto-aplicação
de vacinas livre do uso da agulha



- Veja o produto com conceito sustentável e apoiado em questões sociais

segunda-feira, 6 de abril de 2009

Twitter ultrapassa Facebook no Brasil

De acordo com o Google Trends, ferramenta usada para medir a incidência de palavras no maior site de buscas do mundo, o Twitter já é mais popular que o Facebook no Brasil.

Até o dia 23 de março deste ano, a rede de microblogging nunca havia superado a maior rede social do mundo no Brasil. Entretanto, a partir do dia 24, o Twitter passou a ser mais procurado pelos usuários nacionais.

Segundo o Trends, os dados estão bem equilibrados: em um período de dez dias, os dois sites trocaram de posição três vezes, levando em consideração os números totais diários.

Nos últimos três balanços de cada dia, o Twitter supera o Facebook com uma ligeira margem, tornando-se uma das mais relevantes redes sociais para usuários brasileiros. É claro que ainda estão bem longe do Orkut, já que o Google Trends aponta que os números de Twitter e Facebook representam uma fração inexpressiva quando comparados ao site mais popular do Brasil.

O crescimento do Twitter é impressionante, pois em janeiro deste ano, o Facebook apresentava um índice de relevância duas vezes maior que a rede de microblogging.

O Google Trends não é a ferramenta ideal para medir visitações e relevância com exatidão, mas dá uma ideia de quais são as tendências da internet.

Fonte: imasters

sábado, 4 de abril de 2009

O que NÃO fazer em mídias sociais

Check out this SlideShare Presentation:

sexta-feira, 3 de abril de 2009

O que NÃO fazer em mídias sociais

Alguns maus exemplos de empresas que não souberam executar bem marketing viral, presença online, etc.
A apresentação é uma graça, mas não dá pra acessar os links citados.
Durrrr.

Internet tem 225 milhões de sites

O número de sites criados diariamente aumenta. O problema? Spam e malware crescem igualmente na rede.

Há um crescimento em ritmo recorde da internet, segundo pesquisa realizada pela Netcraft e Symantec: 2700 sites hospedeiros de malware surgem a cada dia.

No final do mês de fevereiro existiam 224.749.69, o que registrou um aumento de nove milhões em relação a janeiro. O maior crescimento foi registrado pelo serviço chinês de hospedagem de blog QQ, que adicionou aproximadamente 8.9 milhões de sites, enquanto que o mesmo serviço do Google registrou queda de 2.6 milhões de sites no período. QQ agora hospeda 29 milhões de blogs, mais de cinco vezes o número hospedado pelo Google.

A pesquisa também divulgou o crescimento de malware na internet, que foi de 75.7%. Os níveis de spam em Hong Kong cresceram 15.9% em março, fazendo do país o maior recebedor de spams do mundo, chegando a atingir 88.7% dos e-mails. Nos EUA, esse índice foi de 78.4%, de 76.3% no Canadá e de 68.4% no Reino Unido. Apesar do crescimento, houve uma queda substancial na emissão de spams em relação a 2005, quando o índice chegou a 90%.

Vírus em e-mails também tiveram aumento, mas em ritmo menor: hoje, um em cada 284.4 e-mails contêm virus, enquanto que em 2005 essa proporção era de um para 12.5 e-mails. O que mais chama atenção é o número de sites que hospedam malware, vírus e spyware. O estudo aponta que são criados, em média, 202 novos sites com spyware todos os dias e 2595 com vírus.

Além disso, 61.6% dos malwares divulgados em março eram novos. Sites com malware e outros programas indesejados cresceram 197.2% desde fevereiro.

- Leia a matéria na íntegra

quarta-feira, 1 de abril de 2009

Usabilidade: interfaces de toque

após a revolução da tecnologia touchscreen e seu sucesso, é hora de investir na sua lógica a fim de proporcionar avanços ainda mais úteis: caracteres em braile aplicados às interfaces de toque.

segue matéria completa publicada pelo iMasters:

CIENTISTAS DESENVOLVEM NOVA TELA DE TOQUE EM BRAILE

A usabilidade de telas de toque pode ser facilmente comprovada: basta entregar um iPhone ao uma criança pequena. Entretanto, para cegos, de nada serve uma tela lisa e sem retorno tátil, principalmente para leituras. Pensando nisso, pesquisadores finlandeses trabalham em um método de mostrar caracteres braile em interfaces de toque. O braile é uma codificação do alfabeto normal em uma matriz de 2 × 3 pontos. Os arranjos de pontos em relevo e ausência de pontos apresentam todos os caracteres necessários para a leitura. Na solução eletrônica, os caracteres são codificados como uma linha de seis pontos em vez de uma matriz com três linhas.

Jussi Rantala e seus companheiros utilizaram um Nokia 770, um dispositivo conhecido como internet tablet, um dos poucos modelos a possuir tela de toque com resposta háptica direcionada para desenvolver a "escrita digital" em braile. A tela do Nokia 770 possui cristais piezoelétricos que, quando excitados com eletricidade, produzem vibração, que pode ser controlada em duração e intensidade.

Aproveitando-se disso, os cientistas criaram um software que emite um pulso intenso para os pontos destacados em um caractere, e uma sequência de pequenos pulsos para representar a falta de um ponto no código. Os deficientes visuais não tiveram problemas para identificar de forma tátil esses estímulos.

Foram criados dois métodos, que foram testados com voluntários. No primeiro, o leitor tinha que procurar na tela onde se encontra o texto, e uma série de pulsos eram emitidos conforme o leitor percorria a tela horizontalmente com o dedo, como se estivesse lendo no papel. Entretanto, "não era fácil de ler", declarou Rantala.

Na segunda versão desenvolvida, o caractere em braile é apresentado sob o dedo do leitor, com uma série de pontos lado a lado. A exibição, em sequência, leva ínfimos 360 milissegundos de um ponto do outro. Além disso, o leitor pode encontrar a letra mantendo seu dedo firme em qualquer local da tela.

"Levou um tempo para eles começarem a ler, porque a representação é totalmente diferente de tudo o que eles já experimentaram. Porém, uma vez acostumados, eles podiam ler uma letra a uma velocidade aproximada de 1,25 segundos", disse Rantala. Para as próximas apresentações, os cientistas finlandeses pretendem mostrar palavras e sentenças completas.

terça-feira, 31 de março de 2009

Por que tenho que pagar pelo meu jornal?

Após a discussão acerca da temática conteúdo informacional dos blogs e wikis X jornalismo, encontrei um artigo que traz à tona diversas questões na coluna do Bruno Rodrigues (escritor do livro Webwriting), postada na tarde do mesmo dia do seminário. O blogueiro remonta os pontos discutidos em sala de aula, como os desafios ainda a serem vencidos pela internet paralelos à falta de posicionamento seguro da imprensa e da publicidade.

Como vivemos justamente o período crítico de mudanças midiáticas, ainda é difícil prever com certeza qual será o rumo do jornalismo impresso. Por isso vale a pena pensar a respeito dessa crise e possíveis mudanças.

Twitter atualiza ferramenta para listar menções entre outros usuários

Por Redação do IDG Now!

São Paulo – Serviço de microblog substitui aba “Replies” por função que mostra menções feitas ao seu nome de usuário por outros inscritos.

O Twitter atualizou nesta segunda-feira (30/03) a ferramenta "Replies" para listar não apenas mensagens direcionadas ao usuário, mas menções feitas usando seu username. A aba "Replies" na coluna da direta do perfil foi substituída por uma que mostra uma arroba e o nome do usuário. Ao ser clicada, a função mostra qualquer menção do nome do usuário feita por outros inscritos.

Em post no blog do Twitter, o co-fundador Biz Stone explica que a antiga ferramenta foi pensada como forma de apontar qualquer tipo de conversa iniciada com você. "No entanto, usuários começaram a ser mais inventivos como normalmente são. Agora, pessoas incluem o '@nome de usuário' em menções no meio dos tweets como forma de simplesmente referenciar outra conta", explica Stone.

A mudança aproxima ainda mais a ferramenta de busca do Twitter, adquirida com o Summize em julho de 2008, a usuários que não conhecem serviços complementares à plataforma de microblog. Em recente entrevista ao Computerworld norte-americano, Stone afirmou que as mudanças que seriam promovidas de maneira mais urgente ao serviço diziam respeito a uma mulher integração entre publicação e busca.

Advergame com engajamento social

Descobri o game Weather, criado para o Greenpace, e, além de ter considerado a interface com um ótimo resultado estético e rapidez quanto ao seu carregamento, analiso-o como sendo um bom exemplo do uso da interatividade como estratégia de marketing social.



O game, baseado no velho conhecido jogo de tabuleiro War, consegue informar e divulgar aspectos importantes acerca da ONG, possibilitando que o usuário se conscientize sobre problemas ambientais do planeta enquanto se diverte. Ao acessar o site o jogador deve fazer um breve cadastro e, em seguida, é orientado sobre o funcionamento do jogo, que consiste em enfrentar graves e emergentes crises ambientais para se tornar vencedor. A interface possibilita a interação entre os usuários, unindo players do mundo todo em prol de uma questão de engajamento social. Para realizar as tarefas e salvar o meio ambiente, os internautas entram em salas que suportam até quatro pessoas, sendo que o mínimo necessário para uma partida é de duas pessoas: o conceito de estratégia e a cooperação do tabuleiro está presente, tornando-se fundamental para o êxito e remetendo à realidade do cooperativismo ambiental.

Para aumentar o alcance da proposta, o projeto também será produzido off-line, em papel reciclado, para distribuição em escolas e também para que o público interessado possa adquiri-lo pelo próprio site. O Greenpeace ainda está a procura de parceiros para colocar em prática a elaboração da edição física do jogo.

Acredito que esta seja uma das ferramentas mais eficientes para que seja fixada a mensagem da entidade, uma vez que atrai crianças e jovens com um instrumento educativo.

Conheça programas grátis que levam internautas à computação nas nuvens

e ai peoples!!!

mais uma reportagem legalzinha ai....
fala das tendencias dos serviços gratuitos e on-lines na internet....

clique aki


O drama romântico do futuro.... oooohm....



Quase chorei...

FONTE: www.gizmodo.com

Gizmodo entrevista Eduardo Azeredo sobre cibercrimes e liberdade na internet

O senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG) é talvez a figura mais odiada da blogosfera brasileira. Dizem que ele é "o autor daquela lei que coloca quem troca música na cadeia" ou "que quer vigiar todo mundo na internet". O motivo desse ódio é que o texto da lei inicialmente tinha um texto bem esquisito, que permitia as mais malucas interpretações - inclusive a criminalização de tias que passavam Powerpoint com vírus ou pessoas que indicavam links para baixar músicas. Mas a versão final da PL 89/2003, aprovada no Senado e que está tramitando na Câmara, parece, no fim das contas, inofensiva para o usuário de internet comum.

A tal Lei Azeredo é na verdade um apanhado de projetos de lei (alguns que alteram o código penal, a constituição ou o código militar) que quer criar crimes e penas para coisas que são, afinal, crimes, mas não estão devidamente previstos em lei, como fraudes, phishing, disseminação de vírus e etc. Parece um motivo nobre. Então Azeredo é herói, vilão, ou nenhum dos dois? Veja na entrevista exclusiva que eu fiz com ele esta semana.

Por que você acredita que precisamos da lei agora?
Estamos cada vez mais precisando dessa lei. Há cada vez mais crimes na área bancária, casos de pornografia infantil e atentados contra a honra na internet.

Muita gente diz que a lei restringe os direitos individuais ou criaria um estado de vigilância. Seria um efeito colateral da lei?
Não é verdade. Quem não deve não teme. Ou seja: quem não usa a internet para o mal, não tem o que temer. O objetivo da lei é colocar regras mínimas para a penalização de novos crimes. A internet não pode ser terra de ninguém.

Você defende que o Brasil está apenas se adequando a acordos internacionais, como a Convenção de Budapeste. Como é a experiência dos outros países que adotaram a resolução?
A nossa lei foi escrita em conformidade com a convenção. Vários países como Japão, EUA, África do Sul e Canadá já o fizeram. O relatório que tivemos em uma reunião na França, com 70 países, é que a situação está ficando cada vez mais difícil. Na Itália a lei é mais rigorosa. Lá eles não permitem que as pessoas usem cybercafé sem identificação.

Comenta-se que por trás da lei estaria a vontade dos bancos, cansados de pagar indenizações por fraudes.
Essa é a argumentação de quem não lê a lei ou pensa pequeno. Evidente que os bancos estão cobrando dos clientes o custo das fraudes, seja em cima dos tomadores de empréstimo ou nas taxas. Quem está pagando as fraudes bancárias somos nós todos. Isso é repartido. Os bancos têm interesse, é claro, mas é um interesse sadio.

O registro dos logs de todos os usuários por três anos não seria muito custoso para os provedores?
O que tem de ser guardado é apenas a identificação do computador – é só isso que o projeto prevê. Há sistemas de compactação e miniaturização para isso, não acredito que seja tão custoso.

E as críticas de que a legislação seria inócua, já que há muitas maneiras de burlar a coisa, como usando provedores fora do Brasil?
A legislação é positiva. Mas é só um dos itens. É preciso educação e prevenção. É um ponto muito importante para começar, mas ela sozinha não resume tudo.

Por que o projeto de lei se arrastou por tanto tempo em tramitação?
O projeto original é de 1999. O que fiz foi a fusão de vários projetos da Câmara, Senado, com outras modificações. As alterações eram necessárias porque o phishing, por exemplo, não existia no projeto original.

Mas e os vírus passados sem querer, com máquinas zumbi e os powerpoints aparentemente inofensivos?
Como todo crime, há o julgamento do juiz, que vai verificar o dolo. Um vírus que a pessoa passar inadvertidamente passa para a frente não é crime. Não tem dolo. Essa confusão acontece porque as pessoas não lêem, não têm o mínimo de conhecimento legal para criticar. Nós tivemos o suporte muito importante do Francisco Botelho, membro do CNJ, que fez a assessoria.

E a criminalização da troca de arquivos, o peer-to-peer? Quem baixa música corre o risco de ser preso?
A lei não toca nisso. É um outro assunto. O Brasil já tem uma lei sobre o assunto, a antipirataria.

Alguns críticos, como o professor Ronaldo Lemos, da FGV, dizem que é preciso regular a internet como um todo, definir o que é o que antes de aprovar leis como essa.
É uma crítica de teóricos. Na prática a justiça quer que tenhamos essa lei. A quem interessa realmente esse problema é a lei. Alguns teóricos ficam com essa conversa de que precisa antes um marco regulatório... É uma forma de protelar a aplicação da lei.

Por que você não compareceu ao debate sobre a Lei Azeredo na Campus Party?
Não fui convidado. Eu compareceria se fosse. Já fui a vários lugares defender a lei, essa é uma missão que acabou nas minhas mãos.

E nesses lugares, mesmo hostis a sua presença, você consegue convencer as pessoas do seu ponto de vista?
Quando as pessoas têm as informações, elas se convencem. Você pode ter alguma discussão ainda de semântica. O termo tem de ser esse ou aquele. Isso ainda está em aberto, a Câmara pode fazer alterações. Mas basicamente as pessoas vêem porque tudo tem sua justificativa. Hoje não vejo nada mais significativo que esteja amarrando a aprovação. A Câmara está demorando. O Ministério da Justiça quer algumas alterações. O absurdo é não querer estabelecer regras.

Como está o andamento do projeto de lei na Câmara?
A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) já aprovou. O Ministério da Justiça (MJ) levantou algumas sugestões adicionais, apertando ainda mais a legislação. O MJ quer que a preservação das informações dos usuários seja independente de decisão judicial. A polícia pede que ela mesma possa autorizar a preservação de conteúdo de site ou dado de usuário [PB: na prática, a polícia poderia ordenar a sites e provedores a preservação de páginas e conteúdos, mesmo que depois fossem apagados pelo usuário]

Isso não poderia gerar abusos, como no caso dos grampos telefônicos?
Sim, por isso sou contra. Deixaria como está na lei neste momento. Quando a polícia tiver suspeita, ela deve requisitar que fique guardada a informação no provedor, para ter acesso. A guarda deveria depender de autorização judicial, não policial. É a defesa do estado do direito. Por isso a cautela.


FONTE: www.gizmodo.com.br

Twitter no carro


O Gear Live acabou de receber uma pesquisa que perguntava se eles estariam ou não interessados um Twittar de dentro do carro. Sim, usar AQUELE Twitter.

O lance funcionaria com ligações sem mãos e voz para texto, além de texto para fala, permitindo assim a comunicação de e para o serviço de mensagens curtas. Sério? Eu adoro receber updates a cada minuto do John Mayer machucando o seu próprio pênis, mas não quando eu estou dirigindo. Por favor, não quando eu estou dirigindo... [Gear Live]

FONTE: www.gizmodo.com.br

Mobile

Série de coisas sobre celulares... já que o tema foi citado em aula:

Que tipo de usuário mobile é você?

Na pesquisa liberada ontem (25) pela Pew Internet & American Life Project, os usuários de gadgets americanos foram separados em dois grupos: os geeks móveis e os geeks velha-guarda (39% e 61% da população, no caso dos Estados Unidos). Cada grupo, por sua vez, foi subdividido em cinco categorias. As regras se aplicam a todos nós, e não apenas aos gringos. Leia e assuma: qual a sua tribo?

Geeks Móveis

1. Colaboradores digitais - trocam constantemente informações uns com os outros, participam de atividades online para criar e compartilhar conteúdos ou expressar sua individualidade (no Twitter, por exemplo)

2. Ambivalentes de relacionamento - (ou viciados em comunidades, pero no mucho) navegam bastante pelo celular e são frequentes em redes sociais, mas não se empolgam muito com a ideia de serem altamente disponíveis para os outros. Gostariam de dar um tempo às vezes no uso da web móvel e na conectividade pervasiva.

3. Criadores de mídia - aceleram a geração de conteúdo por usuários ao usar seus dispositivos móveis para subir material para a web, como fotos e vídeos.

4 . Nós itinerantes - gerenciam ativamente suas vidas sociais usando aplicações básicas como e-mail e mensagens de texto. Dificilmente acessam conteúdo, se preocupam mais com a produtividade pessoal.

5. Novatos móveis - usam a internet móvel de vez em quando. Muitos desses grupos são também novos no uso do celular e se empolgam com o fato de o serviço torná-los mais disponível para as outras pessoas. Podem ser bastante pressionados pelas pessoas ao seu redor para largar o aparelho.

Geeks Velha-Guarda

1. Veteranos do desktop - são supergeeks, mas dão a impressão de terem parado no tempo - tipo lá por 2004. Consomem bastante informação online e se comunicam com outras pessoas usando ferramentas tradicionais, como o e-mail (porém, por meio de suas ultrarápidas redes domésticas). O aplicativo que mais usam do celular é a caixa postal.

2. Surfistas à deriva - possuem as ferramentas de conectividade, mas geralmente não as usam. Dizem, inclusive, que poderiam viver sem internet e celular. Depois de anos de experiência online, parecem cansados da revolução digital. São como as pessoas de grandes metrópoles que cismam que querem "ir morar no mato."

3. Sobrecarregados de informação - vivem conectados, mas sofrem de overload de informações e levam tempo para conseguir manipular seus gadgets sem a ajuda de outras pessoas.

4. Indiferentes à tecnologia - a conexão em casa continua discada e só usam o celular para fazer e receber chamadas, e olhe lá.

5. Peixes fora d'água - na verdade, esses não são nada geeks. São aquele grupo sem acesso à internet ou celular (coisa difícil de imaginar no Brasil, onde o telefone móvel garante status na sociedade). Fazem parte desse grupo também os mais velhos, sem intimidade alguma com computadores e coisas do gênero.


----------------------------------------------------------------------------


Celulares japoneses controlam este gigantesco videogame em outdoor



O Nikkei está com um post sobre o novo outdoor digital da Toshiba no distrito Akihabara em Tóquio, onde os transeuntes podem ligar para um número e conectar-se a um jogo interativo exibido no enorme placar.

Os jogadores por celular confrontam outros jogadores conectados pelo canal Youtube da Toshiba. As teclas dos números são usadas para controlar um pincel e o objetivo é cobrir os quadrados da grade com tinta enquanto busca pelo mascote da Toshiba.

O jogo foi criado como uma jogada de marketing para mostrar como os outdoors podem transmitir dados pela Internet em tempo real. E apesar do jogo não ser a coisa mais emocionante do mundo, a ideia de você poder erraticamente passar por e interagir com ele é de fato bastante emocionante. [Nikkei via Pink Tentacle via Dvice]

---------------------------------------------------

Casas de Curitiba respondem imediatamente a seus SMS. Gatas curitibanas, ainda não


Não sei quão novo é isso, mas descobri hoje e, para quem procura lugar para morar ou alugar, é genial. Em Curitiba, ao lado de algumas placas do tipo "aluga-se" e "vende-se" na frente dos imóveis rola um "mande um SMS para XXXX com o código Casa1". Aí você fica inseguro. Será que um apartamento tão bonito vai responder?

Os apartamentos respondem! Quase que instantaneamente aparece uma mensagem no seu celular com os detalhes do imóvel e o contato do vendedor, por 31 centavos. Ok, seria melhor para o comprador se a placa em si já trouxesse todas essas informações. Mas ah, são 31 centavos por um SMS respondido instantaneamente! A vantagem para o vendedor é que ele pode ter relatórios de quantas pessoas exatamente se interessaram pelo imóvel, algo mais confiável que o "ei, porteirozé, quantos passaram aqui pra ver o apê?". A invenção é da celeramobile e é um uso bem decente SMS.

[Dica do Caio, via dicas@giz]

------------------------------------------
FONTE: www.gizmodobrasil.com.br

Fonte inusitada....



Estava eu ouvindo a MTV, e por inércia, acabei escutando um pedaço do programa SCRAP MTV. Eu tinha um certo preconceito, pois achava que era um programa exclusivo pra meninas... MÃS, não é que tem até bastante coisa sobre Design e Internet?
Achei interessante falarem do site SOUNDTRACK, onde qualquer um pode postar qualquer som. Mas não ouvi direito o endereço, e fui procurar no blog do programa. Ainda não tinham atualizado, porém achei várias coisas que cabiam no conteúdo do nosso blog =D.
Clique nos títulos para ver as matérias:

Sabe o que é um podcast? Então conheça o Podcast da Luisa e o Revolução Nerd!


Paulo Terron, do blog With Lasers, dá dicas de como ter um blog de sucesso


Você sabe o que é um Geek? MariMoon foi às ruas descobrir!


SCRAP MTV: Flávia Gasi mostra como se faz um game pra celular


SCRAP MTV: Você baixa músicas e vídeos na internet?


Mostramos os bastidores de uma novela produzida para a internet



FONTE: http://mtv.uol.com.br/scrap/mural

140 caracteres e o mundo jurídico



É pessoal, se vocês acham que podem sair no mundo virtual falando o que bem entenderem, e xingando tudo e todos, segurem seus dedinhos, pois taí, processo no Twitter.

Tudo bem que é no mundo das celebridades, mas isso traz outra questão bacana, Twitter (vamos dizer,
fuçar na internet) não é só para os "reles mortais", confiram:



Estilista processa Courtney Love por comentários no Twitter

Ter, 31 Mar, 11h03

LOS ANGELES (Hollywood Reporter) - O Twitter se tornou popular entre as celebridades. E as pessoas que fingem ser celebridades. Às vezes é difícil imaginar quem é quem.

- Shaquille O'Neal? Sim, sua conta de Twitter é real. É ele.
- 50 Cent? Não exatamente. O rapper pagou para uma pessoa para escrever no Twitter por ele.
- Britney Spears? Ela tem toda estrutura de pessoas "twittando" por ela. Então não é realmente.
- Christopher Walken? Impostor!
- Courtney Love? É ela.

De fato, Courtney Love ganhou a distinção de ser a primeira celebridade processada por "twittar".

Na Corte Suprema de Los Angeles, o estilista Dawn Simorangkir, também conhecido como Boudoir Queen, na última quinta-feira, entrou com um processo contra Love por difamação, invasão de privacidade e por danos morais em "um extenso discurso extravagante" no Twitter sobre como ela foi cobrada por roupas feitas sob encomenda.

É difícil se estender quando se está limitado a 140 caracteres. Mas se qualquer um pode fazer isso, é Courtney Love, que supostamente escreveu comentários irônicos como "opa, não f... com o meu guarda-roupas ou você acabará em um círculo de fogo e será caçado até a morte".

"Mesmo que causada pela indução psicótica de droga, uma visão deformada da realidade, ou a crença de que seu dinheiro e fama permitem que ela desobedeça a lei, Love entrou em uma cruzada obsessiva e decepcionante para aterrorizar e destruir Simorangkir, sua reputação e seu sustento", disse a acusação.

O porta-voz de Love não quis comentar o processo judicial.

(Reportagem de Dean Goodman)


Internet Explorer 8.1 terá compatibilidade com as extensões do Firefox

O Internet Explorer apresenta sua nova versão com diversos mecanismos de compatibilidade com as funções do Firefox. Devido às análises compartivas feitas entre os dois navegadores, é geral a idéia de que o I.E. ficou ultrapassado desde o lançamento do Mozila, modificando consideravelmente o trabalho de designers e programadores de web, desde o seu lançamento.

Confira o texto completo e veja detalhes da versão beta, que deve estrear em alguns meses - redigida pela Smashing Magazine (em inglês).

segunda-feira, 30 de março de 2009

Três complementos do Firefox que facilitam a vida

1. AUTOPAGER

AutoPager é uma extensão para o navegador de internet Mozilla Firefox que adiciona a opção de carregamento automático de várias páginas do mesmo domínio ao mesmo tempo.

Por exemplo: se você fizer uma pesquisa no Google, certamente encontrará vários resultados e, para ver todos, deve clicar nos botões das páginas 2,3,4... para ver a continuação da lista, mas com esta extensão, serão exibidas até 40 páginas deste tipo, uma embaixo da outra, na mesma janela, então, você não precisará ficar mudando tanto as páginas de resultados.

Roda nas versões 1.5 ou superior. Roda em Windows 95, 98, NT, 2000, Millenium, XP, 2003, Vista.

- Adicione o AutoPager ao seu Firefox

2. SHAREHOLIC

se você utiliza serviços de sites como o Facebook, Twitter, MySpace, Digg, Google Gmail, etc é provável que você desfrute Shareaholic tendo ao seu lado. Este add-on permite que você acesse mais rapidamente e de forma mais fácil seus conteúdos.

Com esse add-on é possível guardar seus links favoritos no Delicious, Digg, Facebook, Ma.gnolia, StumbleUpon e, de quebra, ainda é possível recomendar um site via Twitter.

Para utilizar só é necessário clicar no ícone localizado no navegador e enviar a página que você esteja navegando. Há também a possibilidade para recomendação via email, mas para isso é necessário efetuar um cadastro no serviço Bzzster.

Roda em Windows 95, 98, NT, 2000, Millenium, XP, 2003, Vista, 2008, 7.

- Adicione o Shareholic ao seu Firefox

3. LASTPASS

Aplicativo para gerenciamento e otimização do uso das senhas e nomes de usuários em páginas da web. Se você é do tipo de pessoa que tem milhares de senhas e cadastro em várias páginas da web, mas nunca se lembra delas quando precisa, utilize o LastPass para amrmazenar todas elas: você seleciona teclas de atalho para cada uma (isso evita que tenha de digitar toda vez que fizer login), importa e exporta para outros navegadores e computadores os dados e acesse tudo online de qualquer lugar.

Você ainda pode fazer backup das senhas no seu computador e, se precisar, restaurar tudo de novo quando desejar.

Navegadores compatíveis: Internet Explorer; Firefox; Safari.
Roda em Windows 98, NT, 2000, Millenium, XP

- Adicione o LastPass ao seu Firefox

Fonte: Superdownloads